1 mês após sumiço de submarino, irmã revela mensagem de tripulante.

By on 15 de dezembro de 2017

Uma irmã de um dos 44 tripulantes do submarino ARA San Juan, desaparecido desde 15 de novembro, na Argentina, tornou pública a última mensagem do irmão, recebida pelo WhatsApp. Roberto Daniel Medina era um dos oficiais no submersível e o texto pode ajudar na investigação.

Na mensagem, Medina dizia que o submarino era procurado por um helicóptero do Reino Unido e um navio chileno, conforme informações do jornal argentino La Gaceta, publicadas pelo Sputnik News Brasil.

“Na segunda (13) um helicóptero inglês e antes disso os chilenos estavam à nossa procura. Há muita coisa em movimento”, diz o texto da mensagem enviado à irmã, dez dias antes do desaparecimento.

“Acho que não somos a única família que tem algo assim, acho que há muitos. A juíza Marta Yanez terá que investigar”, afirmou a mulher, explicando que o irmão contou que tudo isso aconteceu perto das Malvinas, a área disputada entre Argentina e o Reino Unido.

Porta-voz da Marinha Argentina, Enrique Balbi descartou um possível ataque estrangeiro: “Foi em 4 de novembro, são os dias que correspondem à entrada em Ushuaia e, por isso, o contato de WhatsApp”. Balbi destacou ainda que “o canal de Beagle possui águas partilhadas com o Chile” e que “é uma área de operações permanentes de helicópteros chilenos”, afirmando que não fica claro se era um helicóptero inglês ou não.

About Max Correio FM

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *