Deputado nega agressão à colega e dispara : “anda de mãos dadas com pessoas que só fazem extorquir o paraibano”

Esta quarta-feira, 16, não foi exatamente um bom dia para a deputada Estela Bezerra. Primeiro, a decisão do Tribunal de Contas do Estado que, após seis longos anos, reconheceu a existência de fraude no programa Jampa Digital e multou a ex-secretária pelo ilícito. Depois, o embate pesado com o deputado Trócolli Júnior, quando chegou a ser chamada de “mentirosa”.

Trócolli acusa Estela de conspirar contra um projeto seu em relação ao fornecimento de carteiras de estudante. Em nota, na manhã desta quinta, o deputado diz que a deputada “prefere andar de mãos dadas com pessoas que só fazem extorquir o paraibano”. E, acusado de agressão pela deputada, afirmou: “Jamais seria capaz de agredir quem quer que seja, e com Estela não seria diferente.”

CONFIRA A ÍNTEGRA DE SUA NOTA…

O deputado Trócolli Junior vem à público esclarecer o episódio envolvendo a também deputada estadual Estela Bezerra nesta quarta-feira no plenário da Câmara Municipal de João Pessoa, onde estão sendo realizadas as sessões da Assembleia Legislativa da Paraíba:
1. O Projeto de Lei 1.522/2017, que diz respeito a redemocratização das carteiras de estudante visa beneficiar os cidadãos que têm direito à meia-entrada para que eles tenham a opção de escolher por qual empresa querem fazer o documento. É, portanto, uma regra que vai acabar com o monopólio da entidade que atualmente age sozinha no ramo das carteirinhas, encarecendo o documento estudantil;
2. Desde que o projeto foi apresentado na Assembleia Legislativa, a deputada Estela Bezerra tenta, com todas as suas forças, derrubar a proposta, demonstrando claramente que atua na Casa contra os interesses do cidadão paraibano. Inicialmente tentou barrar a aprovação da matéria na Comissão de Constituição e Justiça, mas não conseguiu simplesmente porque meus pares entenderam que minha proposta beneficia milhares de paraibanos. Como não obteve sucesso na CCJ, Estela vem semanalmente obstruindo a pauta para derrubar nosso projeto e impedir a sua aprovação sendo totalmente contrária a vontade dos milhares de estudantes que estão do nosso lado apoiando nosso projeto;
3. O desentendimento ocorrido nesta quarta-feira durante a sessão foi o resultado de minha indignação por ver que a deputada Estela Bezerra que, assim como eu foi eleita para defender os interesses do povo, não o faz pura e simplesmente porque prefere andar de mãos dadas com pessoas que só fazem extorquir o paraibano não dando a ele a oportunidade de desfrutar da livre concorrência permitida pelo Código de Defesa do Consumidor;
4. Por mais que o debate desta quarta-feira tenha sido acalorado, afirmo que jamais, enquanto parlamentar e homem que sou, o qual foi educado para respeitar o ser humano e, principalmente as mulheres, jamais seria capaz de agredir quem quer que seja, e com Estela não seria diferente;
5. Por fim, reitero que a deputada Estela Bezerra vem, há meses, obstruindo e barrando projetos apresentados por mim na Assembleia Legislativa. Assim como vem acontecendo com a proposta que diz respeito as carteiras de estudante, foi também com três projetos por mim apresentados que iriam beneficiar policiais Civis, Militares, Bombeiros e Agentes Penitenciários, propostas estas que ela reprovou na CCJ com o único intuito de me atingir sem se preocupar com o fato de que estava apenas prejudicando várias categorias de extrema importância para a Paraíba, por fazerem a segurança de todo o
cidadão.”