SEM PERDÃO : Prefeitura de Sousa volta a ter recursos bloqueados por não pagar INSS.

A cota do FPM – Fundo de Participação dos Municípios , deste dia 08 de junho que se referia a maior cota do repasse para o município de Sousa , ocorreu novos bloqueios e descontos que ultrapassam a ordem de R$ 500 mil .

De acordo com os sistema de acompanhamento de liberação das transferências de recursos federais do Banco do Brasil , foram creditados quase R$ 1,5 milhões , e com os descontos constitucionais da saúde e educação , restaram aos cofres municipal , a quantia de R$ R$ 420.251,93  .

Segundo informações , os descontos poderão ficar mais rígidos , haja vista que ainda são frutos do não recolhimento de mais R$11 milhões da contribuição patronal ao INSS do ano de 2017 por parte da Prefeitura de Sousa, e que em 2018 estaria cometendo a mesma infração.

De acordo com parecer do MP de Contas do TCE-PB na avaliação da prestação de contas de 2017 da Prefeitura de Sousa , esse tipo de procedimento ocasiona danos graves ao município, pois inviabilizará gestões futuras. O parecer pede a reprovação das contas do prefeito de Sousa , Fábio Tyrone.