Cartaxo comenta rompimento de Manoel Jr e lembra: “Quem impediu dele ser prefeito da capital foi o próprio Maranhão”

O prefeito de João Pessoa, Luciano Cartaxo (PV), disse que a decisão de Manoel Júnior (PSC) de romper politicamente com seu grupo e passar apoiar o candidato a governador, José Maranhão (MDB), já era esperada.

Conforme o prefeito, Manoel Júnior está perturbado por não ter conseguido ser candidato a senador e principalmente pelas perdas de apoios a sua candidatura a deputado federal.

“A estratégia foi errada e hoje ele sofre porque tem sua eleição ameaçada. Estávamos tentando viabilizar alguns parceiros e apoios importantes para ele aqui na grande João Pessoa, mas as coisas não fluíram por conta dessa indecisão de Manoel. O maior sonho dele era ser prefeito de João Pessoa e isso não aconteceu por culpa do próprio José Maranhão e do MDB,” lembrou.

Resenha Politika