As 5 partes mais difíceis do trabalho de um motorista de caminhão de reboque

8
Motorista de caminhão reboque
motorista dentro da cabine do caminhão reboque

Os caminhoneiros atendem o público de forma diligente. Eles são os heróis anônimos das estradas que obtiveram o treinamento, o licenciamento e as certificações necessários para seus empregos. 

Eles fornecem vários serviços na estrada para os motoristas. No entanto, seu trabalho não é fácil. Embora cada ocupação tenha seus próprios riscos, ser um motorista de caminhão de reboque é um trabalho perigoso.

Aqui estão as 5 partes mais difíceis do trabalho de um motorista de caminhão de reboque:

1. Outros motoristas

Os motoristas de caminhões de reboque têm que trabalhar na lateral ou no meio da estrada, enquanto os outros veículos passam em alta velocidade. Em muitos casos, esses carros chegam muito perto do caminhão de reboque, do motorista e do veículo que estão rebocando. 

A probabilidade de os motoristas baterem no veículo ou no motorista do caminhão de reboque e causar um acidente mortal é muito alta. O risco é ainda maior em áreas mal iluminadas à noite. Mesmo que os motoristas do caminhão de reboque tomem certas precauções, por exemplo, usando sinalizadores, vestindo roupas brilhantes, etc. os riscos apresentados por outros motoristas ainda estão presentes.

Motorista reboque
Motorista dentro do caminhão

2. Arredores Perigosos

As avarias de veículos são na maioria das vezes situações de emergência em que os motoristas não têm tempo de chegar a um local seguro. Locais que apresentam riscos para veículos pequenos geralmente são mais perigosos para guinchos. Desde chegar a um veículo encalhado até terrenos difíceis e pistas estreitas, existem muitas situações de risco para os motoristas de caminhão de reboque.

3. Distrações

Distração durante a condução é outro desafio que os motoristas de caminhão de reboque enfrentam. Esta distração pode ser interna, como fadiga ou pensamentos à deriva, ou pode ser externa, por exemplo, chamadas de trabalho chegando. 

Motoristas profissionais e treinados são menos suscetíveis a distrações, mas são apenas humanos. Ser autoconsciente é muito importante quando se trata de distrações, pois elas são uma das partes mais difíceis do trabalho de um motorista de caminhão de reboque.

4. Navegação rodoviária geral

Se o motorista médio acha que estradas sinuosas, faixas estreitas e buracos são difíceis de navegar, a dificuldade é dez vezes maior para um motorista de caminhão de reboque. Além dos perigos habituais da estrada, uma das partes mais difíceis do trabalho de um motorista de caminhão de reboque é saber como chegar com segurança e rapidez a onde precisa estar. Em comparação com um motorista comum, a navegação rodoviária geral é mais perigosa para um motorista de caminhão de reboque.

5. Mau tempo

Dirigir com mau tempo é bastante difícil e os motoristas de caminhão de reboque têm que fazer isso com outro veículo acoplado ao seu. Eles não apenas têm que lidar com sua própria carga, mas também devem estar atentos aos detritos, bem como a outros motoristas que estão lutando devido às más condições climáticas. Um pequeno erro na neve ou chuva pode significar um grande problema para todos.

O trabalho dos motoristas de caminhão de reboque não é fácil. Eles sempre precisam reconhecer os riscos ocupacionais e tomar as precauções necessárias para garantir sua segurança, bem como a segurança de outras pessoas na estrada. Eles trabalham diligentemente para atender os motoristas presos na estrada. Ainda assim, é importante que eles próprios voltem para casa em segurança.

Veja também: 3 razões para você não parar para ver acidentes de carro